handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!
Cidadão SP
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp

Nova Fotografia 2019 | Maria, José e Menino

Em março, o MIS inaugura a primeira mostra do programa Nova Fotografia 2019, que selecionou seis trabalhos inéditos para exposição ao longo do ano. Para abrir o calendário do projeto, o Museu apresenta Maria, José e Menino, da fotógrafa Marina Schiesari.

De acordo com a artista, a exposição explora a ambiguidade de um núcleo familiar marcado por pensamentos divergentes e, apesar disso, também por uma vontade de manter a convivência. Entre tantos vínculos afetivos e abismos ideológicos, a sustentação de um teto compartilhado exige que se encontre na casa lugares capazes de acolher também as individualidades. Compondo uma narrativa fragmentária, estas imagens resultam de um percurso lento e hesitante pela casa que alterna seu foco entre os sujeitos desses afetos e espaços simbólicos de refúgio nos quais eles não são capazes de penetrar.

“Maria, José e Menino apontam para personagens que trazem consigo a promessa de uma família unida por laços não apenas afetivos, mas sagrados. Distante dessa família arquetípica está a família da artista, cuja singularidade reside nos espaços de incomunicabilidade que ela localiza dentro de uma história tantas vezes contada”, aponta Ronaldo Entler, pesquisador, professor e crítico de fotografia, no texto de abertura da exposição.

“Essas imagens mostram distâncias que não conseguimos medir: essa parece ser uma casa da vizinhança, cujos cômodos reconhecemos de lugares que frequentamos ou habitamos. Mas ela é feita também de incômodos que não sabemos nomear. É o lugar em que a harmonia prometida por Maria, José e Menino arquetípicos se revela inalcançável”, completa.

A série Maria, José e Menino foi realizada entre 2016 e 2018, em Barretos, interior de São Paulo, e é composta por 18 fotos em P&B.

Sobre a fotógrafa

Marina Schiesari (São Paulo, SP, 1996) estuda arquitetura e urbanismo na Escola da Cidade. A partir de um olhar arquitetônico, encontrou na fotografia uma maneira de interpretar a complexidade existente no espaço. Em 2018, produziu um ensaio fotográfico analógico reunido no fotozine Futuro do passado. Atualmente, trabalha com design gráfico e busca se aprofundar em pesquisas de fotografia e imagem.

Sobre o Nova Fotografia

Criado em 2011, o Nova Fotografia é um projeto anual do Museu da Imagem e do Som que busca criar um espaço permanente para exposição de fotografias de artistas promissores que se distinguem pela qualidade e inovação do seu trabalho. A cada ano, seis séries de imagens são escolhidas por meio de convocatória e expostas no Museu. A edição de 2019 conta com o acompanhamento curatorial de Mônica Maia, sócia diretora da DOC Galeria, e do pesquisador, professor e crítico de fotografia Ronaldo Entler.

Galeria de Fotos