Secretaria da Cultura

Programação


História social da arte: individuação e estética modernas (Renascimento, Classicismo, Maneirismo, Barroco e Romantismo)

Este curso aborda a história social da arte com seus desdobramentos estéticos, e abrange a quadra histórica do nascimento e desenvolvimento do homem burguês na Europa, resultado da inovação dos seus processos produtivos e do substancial aumento da individuação, objetividade que lhe garante a ruptura fundamental com a escola artística medieval a partir da percepção das novas espacialidade e dinâmica temática das representações pictóricas do naturalismo do Quattrocento à idade do realismo político. Trabalha o neoplatonismo da Alta Renascença, o desenvolvimento do maneirismo após o Saque de Roma de 1527, chamado por Hauser de primeira modernidade. Caminha pela trajetória do Barroco e do surgimento do capital na era de ouro da pintura holandesa, que acaba por modificar o mercado das artes e a própria forma das pinturas. Por consequência das guerras religiosas e da perda de hegemonia política da aristocracia com o desenvolvimento da burguesia como nova classe, o Absolutismo impõe um entrave à livre criação artística e exige uma rigorosa uniformidade academicista com um retorno ao classicismo. O movimento deságua posteriormente na ascensão da burguesia revolucionária e na sua antítese, resultando no Romantismo, que só adiante traria uma inevitável fusão com o realismo.

 Critério de seleção: ordem de chegada das inscrições.

Sobre o professor

Claudinei Cássio de Rezende (http://lattes.cnpq.br/6120520597159844) é professor de História da Arte da PUC-SP, doutor e mestre em Ciências Sociais pela Unesp (Fapesp), bacharel e licenciado em Ciências Sociais, além de ser licenciado e especialista em História. É pesquisador do Núcleo de Estudos de História: Trabalho, Ideologia e Poder (NEHTIPO - PUC/SP CNPq) vinculado à linha de pesquisa Ontologia, História e Arte. Possui um livro publicado pela Editora Unesp, escolhido pelo Programa de Pós- Graduação em Ciências Sociais da Unesp. Atualmente é pós-doutorando em História Moderna pela PUC-SP.

Veja as condições dos Cursos MIS:

→ Cancelamento do curso ou mudança de datas
Se o número mínimo de inscritos não for alcançado ou em caso de imprevistos, o curso poderá ser cancelado ou ter datas e horários alterados. Nesse caso, a equipe MIS entrará em contato com todos os inscritos para informar.
 
→ Vagas remanescentes e lista de espera
Caso receba um e-mail informando que sua inscrição está numa lista de espera, aguarde o contato da equipe MIS até 07 (sete) dias antes do início do curso. Se não receber o e-mail com as orientações de matrícula dentro deste prazo, significa que não houve nenhuma desistência e que não há vagas remanescentes para do curso em questão.
 
→ Cancelamento de matrícula
Para cancelar sua matrícula e pedir reembolso do valor pago, envie um email com sua solicitação no prazo máximo de até 07 (sete) dias antes do início do curso. Será devolvido 80% do valor pago.
Se o cancelamento da matrícula for efetuado após o prazo de 07 (sete) dias, não haverá devolução do valor pago, mas o participante poderá indicar outra pessoa para sua vaga, que gozará dos 100% já pagos.
 
→ É proibido o acesso às salas de aula com mochilas/bolsas.
 
Para eventuais dúvidas, escreva para: labmis@mis-sp.org.br

Siga o MIS nas redes sociais

Museu da Imagem e do Som

Av. Europa, 158, Jd. Europa

São Paulo - SP, Brasil

CEP 01449-000

11 2117 4777

Realização