Secretaria da Cultura

Programação


Trocando memórias: Contação de Histórias

A narração de histórias é a primeira linguagem da transmissão de patrimônio cultural imaterial e, por ser a linguagem milenar de transmissão de cultura em todas as sociedades e épocas, é meio de aproximação entre pessoas, possibilita o resgate de suas próprias histórias e identidades culturais. As histórias recuperam a memória dos indivíduos, além de sensibilizá-los e permitirem a ampliação do seu universo de referências culturais. O curso pretende despertar potencialidades dos indivíduos e desenvolver competências e habilidades que favorecem a comunicação e a melhor conexão entre as pessoas, além de desenvolver a potencialidade da contação de histórias como uma ferramenta de aproximação, comunicação e expressão por meio de uma experiência significativa com o universo das histórias de tradição oral.

Clique aqui para se inscrever!

Objetivos específicos do curso:
>> Perceber a relevância das histórias como ferramenta nos dias de hoje para aprofundar as relações pessoais e interpessoais.
>> Perceber como as histórias da tradição oral são contemporâneas, e como o seu conteúdo simbólico oferece uma perspectiva ampliada e integradora do ser humano e do mundo de hoje.
>> Trabalhar com as histórias tradicionais e as diversas linguagens artísticas no sentido de perceber e apropriar-se de suas competências e habilidades.
>> Apresentar instrumentos mediadores que permitam utilizar os contos como recurso em sua prática profissional.
>> Adquirir conteúdos literários e vivenciar exercícios que possibilitam o desenvolver da habilidade da contação de histórias.

Sobre as professoras
Viviane Marques Bacharel em Letras Vernáculas pela Universidade Federal da Bahia, atriz pela Escola de Arte Dramática da USP e pós-graduada em Arte-Terapia na Universidade Paulista. Idealizou juntamente com a Cia Palavras Andantes os projetos: “O fio da Memória” - trabalho realizado a partir da arte narrativa nos asilos públicos da cidade de São Paulo- e “C.U.R.A  - caminhos unidos recriando arte”, narração de histórias e músicas em hospitais público de São Paulo. Trabalha como educadora do projeto “MAD alegria” na Faculdade de Medicina da USP, no qual os alunos de medicina e áreas da saúde aprendem de maneira teoria/prática a arte de narrar histórias como possibilidade de relações humanizadas, faz parte da equipe artística da conceituada organização social sem fins lucrativos -Arte Despertar-, uma organização que atua há mais de vinte anos nas áreas de saúde e educação com o objetivo de despertar o que há de melhor no ser humano. Nessa mesma associação ministra aulas de narração de histórias em bibliotecas públicas e hospitais da cidade de São Paulo.

Cristiana Ceschi é uma artista do corpo e da palavra. Seu trabalho de performer, contadora de histórias e educadora segue o propósito de fazer emergir o novo por meio do conhecimento ancestral - as narrativas de tradição oral.
É atriz formada pelo Bayside College – Austrália e Cientista Social (FFLCH-USP).  Em 2007 fundou junto com Beatriz Carvalho o Coletivo As Rutes formado por artistas que desejam propiciar Experiências Significativas no espaço da cidade e para público não esperado. Em 2014 ganhou o título de mestre em em ensino e aprendizagem da arte pela ECA – USP ao apresentar sua dissertação – A Menina, O Cavalo e a Chuva , a Arte de Contar Histórias e a Cibercultura com orientação de Regina Machado. Segue sua busca de contato entre o Ancestral e o Novo, pesquisando as conexões entre Arte e a Ciência como integrante do núcleo de Humanidades, Narrativas e Humanização em Saúde da Escola Paulistade Medicina (EPM) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) sob orientação do Prof. Dr. Dante Marcello C. Gallian. O “carro-chefe” da trajetória artística de Cristiana Ceschi é conhecer e contar histórias da tradição oral com foco no desenvolvimento humano. Desde 2004, trabalhou nos mais diversos espaços como escolas, universidades, teatros, SESCs, bibliotecas, abrigos, hospitais e empresas. Também já coordenou e ministrou cursos, workshops e palestras sobre essa arte tanto para pessoas interessadas em aprender a contar histórias quanto para aqueles interessados em expandir o conhecimento de si e das relações humanas.

→ Cancelamento do curso ou mudança de datas

Se o número mínimo de inscritos não for alcançado ou em caso de imprevistos, o curso poderá ser cancelado ou ter datas e horários alterados. Nesse caso, a equipe MIS entrará em contato com todos os inscritos para informar.
 
→ Vagas remanescentes e lista de espera
Caso receba um e-mail informando que sua inscrição está numa lista de espera, aguarde o contato da equipe MIS até 07 (sete) dias antes do início do curso. Se não receber o e-mail com as orientações de matrícula dentro deste prazo, significa que não houve nenhuma desistência e que não há vagas remanescentes para do curso em questão.
 
→ É proibido o acesso às salas de aula com mochilas/bolsas.
 
Para eventuais dúvidas, escreva para: labmis@mis-sp.org.br

Siga o MIS nas redes sociais

Museu da Imagem e do Som

Av. Europa, 158, Jd. Europa

São Paulo - SP, Brasil

CEP 01449-000

11 2117 4777

Realização