handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!

No dia 26 de março, o MIS inicia um novo programa mensal: o Ciclo de cinema e psicanálise. A sessão tem início às 19h e traz em sua primeira edição o filme O confeiteiro seguido de debate com o psicanalista convidado Tiago da Silva Porto, a mediação fica a cargo do jornalista Guilherme Genestreti. A entrada é gratuita e o evento acontece no Auditório MIS (172 lugares). Para participar basta retirar o ingresso a partir das 18h na Recepção do Museu.

A cada edição o ciclo traz um filme em longa-metragem (ficcional ou documental) seguido de debate com um jornalista e um psicanalista convidado. Em seguida, o público pode participar com perguntas, integrando novas perspectivas sobre a obra discutida. O Ciclo nasceu da parceria da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo, Folha de S.Paulo e Sociedade Amigos da Cinemateca, e já realizou diversas edições em outros lugares de São Paulo. A temporada 2019 está dividida em cinco temas, exibindo dois filmes de cada, sendo eles: Sexualidade, Violência, Poder, Religião e Infância.

“Este ciclo pretende discutir, à luz da Psicanálise, algumas questões suscitadas por obras do cinema moderno e contemporâneo, e proporcionar também formas transdisciplinares de compreensão”, explica Luciana Saddi, Diretora de Cultura e Comunidade da SBPSP. “O tema, que norteia os debates e a seleção dos filmes, surgiu a partir do ensaio O mal-estar na civilização (1929), escrito por Freud. Neste, o psicanalista afirmava que o progresso civilizatório e tecnológico cobrava elevado preço do indivíduo. Exigia renunciar à agressividade e à sexualidade – como esforço necessário ao desenvolvimento civilizador. Por consequência, o homem se tornava refém do sentimento de culpa inconsciente e de constante mal-estar, ambos impeditivos da fruição da felicidade”, completa.

O confeiteiro /The cakemaker (Dir.Ofir Raul Graizer, 2017, Alemanha/Israel, 113”, drama, digital)O confeiteiro Thomas (Tim Kalkhof) é alemão e dono de uma loja de doces. Ele viaja para Jerusalém em busca da família de Oren (Roy Miller), seu amante morto tragicamente. Ao chegar lá ele começa a trabalhar para a viúva de Oren, que não tem ideia de que eles compartilham uma tristeza sem nome sobre a ausência da mesma pessoa.

Sobre os convidados

Tiago da Silva Porto Médico e psicanalista, é graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. É membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae. É pesquisador associado do CEPI – Centro de Estudos sobre Psicanálise e Intolerância do LEI – Laboratório de Estudos sobre a Intolerância da Universidade de São Paulo. No projeto Intolerância/Tolerância - Democracia e Cidadania, do Programa Institutos do Milênio – CNPq desenvolve a pesquisa Lugar político frente ao lugar subjetivo do sujeito.

Guilherme Genestreti é repórter da Ilustrada e escreve sobre bastidores e curiosidades do cinema brasileiro no blog Sem Legenda, na Folha. É formado em direito pela USP e em jornalismo pela Cásper Líbero.

 

PRÉ-INSCRIÇÃO E CERTIFICADO

A SBPSP fornecerá um certificado de participação, para isso é necessário fazer a pré-inscrição. A mesma garante o certificado aos participantes desde que o inscrito informe na recepção do MIS que fez a inscrição e que seu nome conste na lista, mas não garante o ingresso para a sessão. Para que o participante garanta a presença, é necessário chegar uma hora antes da sessão para a retirada dos ingressos, pois a distribuição está sujeita à lotação da sala. Faça a pré-inscrição aqui

Galeria de Fotos