handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!
Cidadão SP
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
[CURSO MIS ]

Um século de vampirismo nas telas: do cinema mudo aos tempos modernos

INSCREVA-SE

Os vampiros estão presentes no cinema desde o primeiro exemplar do gênero horror, o curta-metragem “Le Manoir du Diable” (1896), realizado na França pelo pioneiro Georges Méliès, no qual uma figura diabólica se transforma em morcego e é afugentada por um crucifixo. Mas foi a partir da obra-prima do cinema expressionista “Nosferatu” (1922), do alemão F.W. Murnau, apropriando-se do romance “Drácula” (1897), de Bram Stoker, que os vampiros se tornaram um tema imortal e de apelo irresistível nas telas. O gênero estabeleceu suas regras justamente com a primeira adaptação oficial de “Drácula” (1931), realizada pelos estúdios Universal, inaugurando a era sonora do horror e iniciando um prolífico ciclo de clássicos. O cinema reiteradamente recorre aos vampiros folclóricos e literários para criar suas narrativas assustadoras e sedutoras, incluindo “Carmilla” (1872), de J. Sheridan Le Fanu, a mais influente vampira literária, inspiração para incontáveis adaptações e reformulações nas telas. 

O vampirismo cinematográfico, porém, é também profundamente inovador e criou sua própria prole de sanguessugas humanos em recriações originais do mito, que vão dos vampiros urbanos aos invasores espaciais. No cinema moderno, principalmente na década de 1980, os vampiros se tornam análogos aos grupos de jovens rebeldes, como nos cultuados “Os garotos perdidos (1987) e “Quando chega a escuridão” (1987), e como metáforas de comportamento social, como “Fome de ver” (1983) e “O vício” (1995). O vampiro é também a criatura mais representada globalmente no cinema, incluindo exemplares nos mais variados países, em todos os continentes, quase sempre mesclados ao folclore e cultura locais. 

Este curso fará um panorama dessas criaturas fascinantes nas telas, abrangendo um século de intensa produção, desde o primeiro longa-metragem em 1922, e chegando aos lançamentos contemporâneos. As aulas serão ministradas on-line por Carlos Primati, pesquisador de cinema fantástico que escreve periodicamente sobre vampiros em diversas publicações sobre o tema. 

Aula 1 | Os rastros dos vampiros, das lendas aos livros, palcos e telas 
• A origem literária dos vampiros nas obras de Polidori, Le Fanu e Stoker 
• A transposição do vampiro das páginas literárias para os palcos 
• “Nosferatu”, de Murnau, “Vampyr”, de Dreyer, e o “Drácula” sonoro 

Aula 2 | Drácula está morto e vivendo nas telas em vermelho sangue 
• A reinvenção de Drácula a partir do ciclo a cores produzido pela Hammer 
• O vampiro viril encarnado por Christopher Lee e seus desdobramentos 
• O Drácula romântico e sedutor de Frank Langella, Gary Oldman e outros 

Aula 3 | Carmilla Karnstein e outras vampiras mortais e perigosas 
• A contraparte feminina do vampirismo com a Condessa de Karnstein 
• A vampira como “femme fatale” e como metáfora de libertação sexual 
• As vampiras eróticas de Jesús Franco, Jean Rollin e José Ramón Larraz 

Aula 4 | Vampiros modernos, urbanos, sedutores e interplanetários 
• A reimaginação do vampirismo como um personagem urbano e moderno 
• Os vampiros negros e a questão do sangue, de Blácula a Akasha e Blade 
• O vampiro como inadequação social, de “Crepúsculo” a “Deixa ela entrar” 

  • Sobre o professor Carlos Primatiadd

    Carlos Primati: Pesquisador, crítico, curador e tradutor, colabora com artigos e ensaios sobre cinema fantástico para livros, catálogos de mostras e encartes para lançamentos em vídeo, incluindo textos sobre “Pelo amor e pela morte”, de Michele Soavi, e para a edição de “Inferno”, de Dario Argento, em Blu-ray. Traduziu o livro “Cannibal Holocaust and the Savage Cinema of Ruggero Deodato”, para a DarkSide Books, ainda não publicado. Foi criador da revista Cine Monstro e editor da Dark Side DVD, nas quais publicou dossiês sobre Dario Argento e filmes giallo, entre outros artigos e críticas sobre cinema fantástico italiano. 

  • Condições dos cursos MISadd

    → Aulas gravadas
    As aulas acontecem on-line, ao vivo (pelo Zoom), e a gravação pode ser acessada por até uma semana após o último encontro, mediante solicitação. Para receber o certificado de conclusão, é necessário estar presente em 75% das aulas ministradas.

    → Cancelamento do curso ou mudança de datas
    Se o número mínimo de inscritos não for alcançado ou por motivos de caso fortuito ou força maior, o curso poderá ser cancelado ou ter datas e horários alterados. Nesse caso, a equipe MIS entrará em contato com todos os inscritos (por e-mail) para passar as informações necessárias.

    → Problemas técnicos
    Caso ocorra algum problema técnico que impeça a realização da aula, entraremos em contato com os alunos por e-mail informando a providência que será tomada em conjunto com o professor e a equipe do MIS.

    → Cancelamento de matrícula
    Para cancelar sua matrícula e pedir reembolso do valor pago, envie um e-mail com sua solicitação no prazo máximo de até sete dias após a compra. Caso a realização desta compra tenha acontecido em tempo inferior a sete dias do início do curso, o cancelamento fica limitado a 48 horas antes do início do curso
    Se o cancelamento da matrícula for efetuado após os prazos acima indicados, não haverá devolução do valor pago, mas o participante poderá indicar outra pessoa para sua vaga, que gozará dos 100% já pagos.
    Cursos ofertados como combo não concedem o direito de reembolso por módulos após o início do primeiro módulo, já que, após a venda, ela se torna indisponível, impossibilitando que outro interessado faça a compra.

    → Certificado
    Para receber o certificado de participação, é necessário assistir a 75% das aulas ministradas. O certificado será enviado no prazo de até 10 dias úteis para o -email cadastrado no ato da matrícula.

    → Desconto para pessoas a partir de 60 anos
    A pessoa que irá fazer o curso deve ter 60 anos ou mais para ter direito ao desconto de 50% no valor, independentemente da idade da pessoa que adquiriu o curso, caso não seja o próprio aluno que tenha adquirido e feito o pagamento.

    → 10% de desconto após a 1ª compra (cupom MIS10OFF)

    → 30% de desconto na compra do 6º curso. Cursos comprados a partir de junho de 2021 (enviar e-mail para cursos@mis-sp.org.br)

    → Gratuidade na compra do 11º curso. Cursos comprados a partir de junho de 2021

    → 50% de desconto para professores da rede pública de ensino do Estado de São Paulo (enviar e-mail para cursos@mis-sp.org.br com cópia do holerite atual mais documento de identidade. Limitado a 5 vagas por curso)

    Para eventuais dúvidas, escreva para: cursos@mis-sp.org.br

Galeria de Fotos