handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!

Em julho, 55 polos culturais de São Paulo recebem a exposição Revisitando Portinari, com releituras de obras do consagrado pintor paulista – produzidas por grafiteiros e artistas da periferia selecionados por CEUs e Fábricas de Cultura espalhados pela capital e Grande São Paulo. A mostra é resultado de uma ação realizada por meio da exposição Portinari para todos, em cartaz no MIS Experience.

Revisitando Portinari, dentro do novo programa MIS em Cena, é a maior exposição de artes visuais já realizada na cidade de São Paulo e região, contemplando de forma simultânea em 55 espaços públicos com obras de 61 artistas da periferia, cada qual materializando o seu olhar sobre uma das obras de Portinari, escolhida de forma livre. Os selecionados para participar do programa têm convivência e produção muito presentes com os espaços onde as exposições estão sendo apresentadas, criando dessa forma uma integração ainda maior com essa comunidade e o sentindo o reconhecimento de seus trabalhos. A proposta de levar a mostra aos pontos mais afastados do centro da cidade de São Paulo tem não só o objetivo de aproximação da população com a arte, mas especialmente a iniciação do contato com este universo, visto que os espaços escolhidos têm predominância de público infanto-juvenil.

Sobre o projeto
Em fevereiro deste ano, buscando agregar valores sociais e prestigiando artistas principalmente da periferia da capital, o MIS Experience convidou unidades dos CEUs - da Secretaria Municipal de Educação - e das Fábricas de Cultura - da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado - para participar da ação Portinari em grafitti, com trabalhos produzidos por 61 artistas da periferia através de releituras das obras de Candido Portinari. A atividade ocorreu durante dois finais de semana, um na sede do Museu Catavento e outro no MIS (em espaço interligado com o MUBE), onde esses artistas, de forma aberta ao público, fizeram livremente a escolha e a releitura das obras de Candido Portinari.

Crédito: Thaina Takigami Yamada

Realização
A ação é realizada em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação, por meio da Divisão de Cultura da Coordenadoria dos Centros Educacionais Unificados (COCEU), Fábricas de Cultura, instituições da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do estado, administradas pelas Organizações Sociais Catavento Cultural e Educacional e Poiesis – Organização Social de Cultura, e pelo Centro de Equidade Racial do Estado de São Paulo.

Galeria de Fotos

Governo do Estado de SP