handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!
Cidadão SP
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp
  • /governosp

Esta edição, que acontece em parceria com a Vitrine Filmes, apresenta “Pendular” (dir. Julia Murat, Brasil/Argentina, 2017, 1h48min, 18 anos), filme que fala sobre a relação de um jovem casal que divide espaço em um grande galpão industrial para fazer suas criações.  

O filme pode ser acessado gratuitamente por meio deste link (das 11h do dia 14.10 até 16.10) e o bate-papo ao vivo sobre o filme acontece no canal do MIS no YouTube e conta com a participação da atriz, diretora e preparadora de elenco Vanise Carneiro e da diretora e roteirista Giuliana Monteiro na mediação.  

*com interpretação em Libras  

Sobre o filme: 
Pendular  

(dir. Julia Murat, Brasil/Argentina, 2017, 1h48min, 18 anos)  
Um jovem casal se instala em um grande galpão industrial abandonado. Uma fita laranja colada ao chão separa o espaço em duas partes iguais: à direita, um ateliê de escultura; à esquerda, um espaço de ensaio de dança. Pendular acontece neste ambiente, onde arte, performance e intimidade se misturam; e onde os personagens perdem aos poucos a capacidade de distinguir entre seus projetos artísticos, o passado de cada um e sua relação amorosa. 
 
Sobre a convidada:  
Vanise Carneiro
 é atriz, diretora e preparadora de elenco formada em Artes Cênicas pela Universidade Federal do RS. Realizou pesquisa sobre atuação em cinema com bolsa do FUMPROARTE. Por sua atuação em cinema recebeu diversos prêmios em festivais como Gramado, Brasília, Ceará e São Luís do Maranhão. Atualmente trabalha na produção do curta, “Tudo o que cresce e voa”, roteiro de sua autoria que recebeu o Prêmio Rota/Cabíria de melhor Protagonista feminina neste ano, e na preparação de elenco do longa “Viola no Redemoinho”. 

Sobre a mediadora:  
Giuliana Monteiro
 é roteirista e diretora nascida em São Paulo, mestre em produção de filmes pela faculdade de Nova York Tisch School of the Arts, onde dirigiu e roteirizou diferentes projetos audiovisuais. Atualmente, trabalha em dois filmes, o seu primeiro longa-metragem ficcional, “Estrada para Livramento”, que tem o apoio do fundo Spike Lee para desenvolvimento e da fundação San Francisco Film Society, e também na finalização do longa-metragem documental “Bento”. 

Galeria de Fotos

Assista #misemcasa